quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

O que tem que ser Verificado Antes de escolher um curso em uma Escola de formação Vigilante!

Escolas de formação e os cursos são cadastrados pela PF?

A escola de formação tem que ser cadastrada e receber autorização na polícia Federal para ministrar os cursos.
Cada curso deve possuir autorização da Polícia Federal. Se não, o certificado de conclusão que você obtiver, não vai ter validade. Certifique-se de que a escola em que você quer se matricular é autorizado e possui o cadastro na policia Federal.



A escola possui infraestrutura e equipamentos adequados?

Quando o assunto é formação de vigilantes é necessárias aulas de tiro que devem ser dadas em estande próprio ou estande de terceiro regularizado ao qual a escola tenha acesso. Quadra ou local adequado para aulas de defesa pessoal, salas arejadas e limpas de forma que o conteúdo da aula seja o foco do aluno e não o desconforto do ambiente sujo, abafado. Deve ser respeitado o número máximo de 45 novos alunos por sala.
Se for fazer um curso de extensão em transporte de valores, a escola deve ter a disposição um carro forte adequado



Os instrutores são qualificados para o curso que vão ministrar?

O instrutor tem que ter uma grande formação profissional na área, saber passar esse conhecimento de forma clara.



A Escola de formação e os cursos são bem visto pelo mercado de trabalho?

Alguns cursos tem maior procura por alunos, mas são para vagas restritas e com alto valor salarial, porém outros cursos tem a faixa salarial respeitando o acordo sindical que acaba sendo valores menores, mas com muitas vagas no mercado de trabalho.
A escola com uma boa reputação no mercado ajuda quando o profissional for analisado pelas empresas de segurança contratante, sabendo que o profissional foi bem preparado. Então, na hora de escolher sua escola, leve em consideração, se a escola tem um bom nome e se os profissionais que lá se formam têm facilidade de se encaixar no mercado de trabalho.

Curso de Extensão em Escolta Armada!


Para poder fazer a inscrição em um curso de extensão a maioria das escolas de formação, solicitam como pré requisito ter feito o curso vigilante patrimonial há no mínimo um ano.

Conteúdo:

Legislação Aplicada
Procedimentos na Escolta Armada
Resolução das Situações de Emergência
Armamento e Tiro

Pré requisito:

Ser brasileiro e ser maior de 21 anos
Estar em dia com as obrigações eleitorais e militares
Ter instrução correspondente à 4ª série do ensino fundamental
Ter concluído o curso de formação de vigilantes
Não registrar antecedentes criminais
Ter sido aprovado em exame de saúde física e mental
Duração do Treinamento: 50 horas-aula, desenvolvidas em 5 dias

Documentos Necessários:

Cédula de Identidade – RG
CPF
Certificado Formação de Vigilantes – registrado Delesp(P.F)
Reservista ou Certificado de Dispensa
Título de eleitor
Certidão de Quitação Eleitoral
Histórico escolar com instrução mínima correspondente à 4ª. série do ensino fundamental Comprovante de Residência com CEP no nome do aluno
Exame médico
Exame psicotécnico
Atestado de Antecedentes
Certidões Negativas: Justiça Estadual – Execução e Distribuição Criminal, Justiça Federal, Justiça Militar Federal (CJM) 1º e 2º Auditoria, Justiça Militar Estadual e Justiça Eleitoral.


Fonte Pesquisada:
http://www.provig.com.br/sobre-os-cursos/curriculares/extensao-em-transporte-de-valores-2/
http://www.pf.gov.br/servicos/seguranca-privada/servicos/registro-de-certificado-de-formacao-de-vigilante


quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Com uma boa postura e apresentação o vigilante bem preparado, transmite mais credibilidade e confiança!


Uma caraterística do trabalho de vigilante é a exposição da sua imagem. O vigilante trabalha com o público em geral. Por isso sua apresentação deve sempre ser impecável. Através de sua imagem deve transmitir o respeito e a confiança que a função exige.


Uniformes podem variar de uma empresa para outra, entretanto as exigências de manutenção e uso de uniforme são as mesmas, manter limpo, bem conservado e passado, sapatos limpos e polidos, gravata limpa, passada e alinhada, etc.

O que também faz parte de uma boa aparência profissional são os cabelos cortados e penteado, a barba "feita" em outra palavras sem barba de preferência, as unhas bem aparadas e limpas. Esses são alguns itens que fazem parte de uma excelente apresentação pessoal do vigilante.



O que é considerado uma postura profissional adequada?


Manter o corpo reto, ombros e braços para trás e cabeça erguida;
Evitar cara fechada, gírias ou palavrões;

Para atrair a atenção do cliente, nunca devemos tocá-lo;
Não cuspir e não fumar em público.

Uso Progressivo da Força, Conceito e Definições!

Curso de Extensão em Equipamentos não Letais

Uso Progressivo da  Força


Conceito  e Definições:

Força: é toda intervenção compulsória sobre o indivíduo ou grupos de
indivíduos, reduzindo ou eliminando sua capacidade de auto decisão;


Nível do uso da Força: é entendido desde a simples presença do
vigilante em uma intervenção, até a utilização da arma de fogo, em seu
uso extremo (letal);


Uso Progressivo da Força: consiste na seleção adequada de
opções de força pelo vigilante em resposta ao nível de submissão do
indivíduo suspeito ou infrator a ser controlado. Na prática será o
escalonamento dos níveis de força conforme o grau de resistência ou
reação do oponente.













Fonte Pesquisada:file:///C:/Users/zanaa/Downloads/Caderno%20Didatico%20CENL%20I.pdf

Curso de Extensão em Segurança Pessoal Privada!

Conteúdo:

Escolta Motorizada
Direção Defensiva
Armamento e Tiro
Alarmes
Medidas de Proteção à Integridade Física do Dignitário e Executivo

Pré requisitos:

Ser brasileiro e ser maior de 21 anos
Estar em dia com as obrigações eleitorais e militares
Ter instrução correspondente à 4ª série do ensino fundamental
Ter concluído o curso de formação de vigilantes
Não registrar antecedentes criminais
Ter sido aprovado em exame de saúde física e mental
Duração de Treinamento: 50 horas-aula, desenvolvidas em 05 dias

Documentos necessários:

Cédula de Identidade – RG
CPF
Certificado Formação de Vigilantes – registrado Delesp(P.F)
Reservista ou Certificado de Dispensa
Título de eleitor
Certidão de Quitação Eleitoral
Histórico escolar com instrução mínima correspondente à 4ª. série do ensino
Comprovante de Residência com CEP no nome do aluno
Exame médico
Exame psicotécnico
Atestado de Antecedentes
Certidões Negativas: Justiça Estadual – Execução e Distribuição Criminal, Justiça Federal, Justiça Militar Federal (CJM) 1º e 2º Auditoria, Justiça Militar Estadual e Justiça Eleitoral













Fonte Pesquisada:
http://www.provig.com.br/sobre-os-cursos/curriculares/extensao-em-seguranca-pessoal-privada/
http://www.pf.gov.br/servicos/seguranca-privada/servicos/registro-de-certificado-de-formacao-de-vigilante

domingo, 7 de fevereiro de 2016

Curso de Formação de Vigilante!

Conteúdo do curso:

Noções de Segurança Privada
Legislação Aplicada
Direitos Humanos e Relações Humanas no Trabalho
Sistema de Segurança Pública e Crime Organizado
Prevenção e Combate a Incêndio e Primeiros Socorros
Educação Física
Defesa Pessoal
Armamento e Tiro
Vigilância
Radio Comunicação e Alarmes
Criminalística e Técnica de Entrevista

Pré requisitos:

Ser brasileiro e ser maior de 21 anos
Estar em dia com as obrigações eleitorais e militares
Ter instrução correspondente à 4ª série do ensino fundamental
Não registrar antecedentes criminais
Ter sido aprovado em exame de saúde física e mental


Documentos necessários:

Cédula de Identidade – RG
Título de eleitor
Certidão de Quitação Eleitoral
CPF
Reservista ou Certificado de Dispensa
Histórico escolar com instrução mínima correspondente à 4ª. série do ensino fundamental
ou declaração de escolaridade original.
CTPS (Original) para o Registro Profissional no SISVIP – Delesp (Polícia Federal)
Comprovante de endereço com CEP no nome do aluno
Exame médico
Laudo psicológico
Atestado de antecedentes
Certidões Negativas: Justiça Estadual – Execução e Distribuição Criminal, Justiça Federal, Justiça Militar Federal (CJM) 1º e 2º Auditoria, Justiça Militar Estadual e Justiça Eleitoral.







Fonte Pesquisada:
http://www.provig.com.br/sobre-os-cursos/curriculares/formacao-de-vigilantes/
http://www.pf.gov.br/servicos/seguranca-privada/servicos/registro-de-certificado-de-formacao-de-vigilante

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Atualização Profissional!

A atualização profissional deixou de ser uma opção para ser também uma condição e uma necessidade dentro do exercício da profissão. Isso se manifesta tanto como iniciativa de aperfeiçoamento do currículo dentro de um ambiente cada vez mais concorrido quanto por exigência natural do mercado, onde a todo instante se vêem antigos meios e conceitos sendo aperfeiçoados ou superados.

Os profissionais que atuam há 20 anos na área de tecnologia, por exemplo, iniciaram a carreira transitando entre gigantescos mainframes, que tinham capacidade menor que qualquer notebook atual e usavam sistemas operacionais, linguagens de programação e banco de dados, hoje totalmente obsoletos. Atualmente lidam com conceitos como Grid Computing, Redes sem Fio, Etiquetas RFID, Datawharehouse e outras inúmeras siglas desse jargão que nem de perto foram ensinadas em seus cursos de graduação.

Com maior ou menor intensidade, esse fenômeno pode ser percebido em todas as áreas, o que torna inevitável que o profissional não interrompa nunca sua formação se quiser manter sua empregabilidade.

Ele deve estar atento às novidades e às oportunidades de aplicação de sua experiência e competência e entender claramente quais são as competências valorizadas na área em que atua. Vê-se então a necessidade de procurar um processo rápido, eficaz e específico para aquisição dos conhecimentos que quer aprofundar ou adquirir. É a isso que vão de encontro direto os programas de atualização profissional.

São cursos de curta duração que se prestam a aplicar algum conceito recente e pontual que profissionais já atuantes não tiveram a oportunidade de aprender anteriormente ou conceitos que, de tão específicos, encontram nesse formato de curso a sua melhor forma de ensino e aplicação, pois já são voltados especialmente para aqueles que necessitam e procuram por eles.

Esse mecanismo, no entanto, é uma via de mão dupla. Ao mesmo tempo em que os profissionais devem estar antenados às novas demandas de sua área, as instituições de ensino devem fazer o mesmo: perceber o que está mudando no mercado para estruturar seus cursos de acordo com o cenário em que está inserida.

Desta maneira, as próprias instituições, ao se preocuparem em oferecer cursos de extensão e aprimoramento educacional, ajudam a acabar com os resquícios do velho estigma que deve e está sendo combatido: o de que o estudo acaba na escola.

O profissional, agora, entende que sua atualização é uma disciplina obrigatória e seu conteúdo dependerá de seus objetivos de desenvolvimento de carreira, das oportunidades de mercado e da sua auto realização.





Fonte Pesquisada:
http://www1.folha.uol.com.br/folha/educacao/ult305u17270.shtml

Home Featured (Do Not Edit Here)

Zana